VÍDEO: homem joga combustível e tenta atear fogo em ex no RJ

Homem jogou combustível na ex - Foto: Reprodução/Twitter
Homem jogou combustível na ex - Foto: Reprodução/Twitter
  • Homem foi flagrado tacando combustível na ex-mulher, em tentativa de atear fogo nela

  • Episódio foi registrado pela câmera de segurança da loja onde a mulher trabalha

  • Justiça determinou prisão preventiva do criminoso e, agora, tenta localizá-lo

Um homem de 68 anos foi flagrado tentando atear fogo na ex-mulher na última segunda-feira (16), quando ela trabalhava em uma loja na cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro.

Imagens da câmera de segurança do estabelecimento na Rua do Imperador mostram a ação do criminoso, ocorrida pouco depois das 7h30. Ele segura a vítima pelos cabelos e vira um galão com um líquido escuro, que a polícia confirmou que era combustível.

A mulher tenta se desvencilhar e alguns rapazes entram na loja, mas o homem parece fazer menção de que pegaria algo no bolso, possivelmente uma arma, e eles fogem.

Neste mesmo momento, a vítima aproveita e também escapa dos braços do criminoso, correndo em direção ao portão do estabelecimento, que estava parcialmente fechado. Eles parecem discutir e, após alguns momentos, o homem deixa o local.

O vídeo foi postado nas redes sociais pela dona da loja, irmã da vítima. Ela explicou que a mulher encontra-se em lugar seguro e está bastante abalada emocionalmente.

Justiça determina prisão

A Justiça de Petrópolis expediu nesta terça (17) um mandado de prisão preventiva contra o suspeito. Ele é procurado na cidade pela 105ª DP, mas não foi encontrado em sua residência.

Ao G1, a delegada responsável pelo caso, Maria Carolina, relatou que a vítima prestou depoimento e explicou que o homem não aceita o fim do relacionamento de 20 anos.

A vítima, inclusive, já chegou a pedir uma medida protetiva contra o ex-marido, com quem tem uma filha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos