Vídeo mostra comediante zombando de talibãs antes de ser executado

·1 minuto de leitura
Comediante foi executado por membros do Talibã - Foto: Reprodução
Comediante foi executado por membros do Talibã - Foto: Reprodução
  • Nazar Mohammad foi executado por membros do Talibã

  • Vídeo mostra o comediante zombando do grupo extremista momentos antes da morte

  • Assassinato gerou revolta em grupos de defesa dos direitos humanos

Um comediante afegão foi executado pelo Talibã. O grupo extremista assumiu a autoria da morte de Nazar Mohammad, uma celebridade no país por seus vídeos no TikTok.

Conhecido como Khasha Zwan, Mohammad era famoso por zombar do Talibã. Um vídeo gravado no fim do mês passado mostra o momento em que o homem é capturado por integrantes do grupo.

Leia também:

Mesmo sob a mira de fuzis AK-47 e sendo agredido ao longo do caminho, Mohammad continua zombando dos talibãs.

Segundo o próprio grupo, o comediante foi levado para um local não informado, agredido e baleado múltiplas vezes.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O porta-voz do Talibã afirmou que dois integrantes foram os responsáveis pela execução e serão julgados pelo ato.

Ele próprio, porém, garantiu que Mohammad trabalhava para a Polícia Nacional Afegã e esteve envolvido na tortura de diversos talibãs.

Morte causou revolta

A execução do comediante causou revolta no país e fez com que o grupo Human Rights Watch (HRW) se manifestasse, alegando que o episódio vai de encontro à promessa de não vingança feita pelo Talibã quando retomou o poder.

“Forças do Talibã aparentemente executaram Khasha Zwan porque ele fazia piadas com lideres talibãs. Seu assassinato e outros abusos recentes mostram o desejo dos comandantes talibãs de combater violentamente a menor crítica ou objeção”, considerou a diretora do HRW na Ásia, Patricia Gossman.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos