Vídeo que mostra policiais algemando menina negra de 11 anos nos EUA causa revolta

Reprodução

A polícia de Grand Rapids, no estado americano de Michigan, investiga a conduta de três policiais que apontaram armas, algemaram e colocaram uma menina de 11 anos na viatura. A cena, capturada pela câmera presa ao uniforme de um dos policiais, gerou revolta após ser divulgada na internet.

Honestie Hodges saía de casa em direção a uma loja quando os agentes chegaram para procurar sua tia, de 40 anos, que teria esfaqueado uma pessoa.

O vídeo mostra quando eles pedem para a garota se aproximar, de costas, e colocar as mãos para trás, enquanto ela grita pedindo para não ser algemada. “Você está bem. Você não vai para a cadeia”, repete um agente.

O departamento policial informou que deteve Honestie e outras duas mulheres porque ainda não havia confirmação de que nenhuma das três era a procurada e em função do temor de estarem armadas.

Carrie foi detida em outra residência, na quarta-feira da semana passada. Ela foi atuada por tentativa de homicídio, resistência e obstrução à prisão.

Internautas, parentes e representantes da sociedade civil criticaram a conduta dos policiais. A apreensão da jovem, segundo eles, não seria necessária. Aos 11 anos, ela tampouco seria parecida com a tia procurada, Carrie Manning. Honestie é negra e a parente suspeita é branca.

“Isso me deu medo e me fez sentir como se eu tivesse feito algo errado (…) Agora tenho medo de chegar perto da porta dos fundos (da casa), porque foi lá. Só me pergunto por que eles fizeram aquilo comigo”, disse a jovem à Wood TV, afiliada da NBC.


Police Officers In Grand Rapids PULL GUN . . . . On An 11 Year Old GIRL . . . 3 Cops POINT Guns At The Child And Put Her In HANDCUFFS For 'Their Own Protection'.

Posted by Jay Banks on Wednesday, December 13, 2017