Vídeo revela que PM jogou viatura em cima de homem em situação de rua, em GO

·2 min de leitura
Momento do vídeo em que homem é atingido por carro da polícia. Foto: Reprodução/MP-GO
Momento do vídeo em que homem é atingido por carro da polícia. Foto: Reprodução/MP-GO
  • Caso aconteceu em dezembro do ano passado em Goiânia

  • Homem foi baleado durante abordagem e estava internado até semana passada

  • Promotor classificou como 'duvidosa' a versão dos policiais

Um vídeo gravado por uma câmera de segurança da Praça do Sol, em Goiânia, revelou o momento em que uma viatura da Polícia Militar é jogada em cima de uma pessoa em situação de rua no dia 9 de dezembro, colocando em dúvida o relato dos agentes.

O boletim de ocorrência registrado na época relata que Divair Nunes teria quebrado o farol da viatura e tentado esfaquear o policial. Segundo PMs, um agente teve diversos ferimentos. O caso foi registrado pela Polícia Civil como tentativa de homicídio contra autoridade ou agente de segurança pública.

Na abordagem, os policiais balearam Divair.

No entanto, o promotor Geibson Rezende, do Tribunal de Justiça, contesta a versão dada pelos policiais, que ele definiu como “duvidosa”.

"Ademais, foram colhidas imagens de câmeras de segurança das imediações dos fatos que demonstram que o investigado não tentou danificar a viatura policial, como alegado pelos policiais militares, mas sim que ele foi perseguido por uma viatura policial que, inclusive, jogou o veículo contra o corpo de Divair", afirmou em documento.

Divair ficou internado até o último sábado (22) no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Ele recebeu liberdade provisória da Justiça de Goiás, que pode ir embora ao receber alta do hospital.

Ainda não há denúncia contra Divair no Ministério Público.

Denúncia da PM

No boletim de ocorrência registrado, policiais relataram que no dia do ocorrido havia uma equipe na Praça do Sol, que solicitou apoio após ter o farol da viatura quebrado. Segundo o relato, Divair estaria alterado e levava duas facas nas mãos.

Os agentes teriam pedido que ele soltasse as facas diversas vezes, o que não ocorreu. Em seguida, Divair teria atacado um dos policiais com a faca, que caiu. O homem novamente teria pulado em cima do agente e dado chutes em seu rosto. Com isso, a PM disse que os agentes precisaram disparar contra Divair, “na tentativa de salvar a vida do policial”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos