América do Sul em chamas

Argentina, Bolívia, Brasil e Paraguai dividem fronteiras recheadas de biodiversidade que sofreram com incêndios devastadores em 2020. A seca é apontada como um dos principais motivos.