‘Armas vieram do Irã’

O porta-voz da coalizão que atua no Iêmen contra os rebeldes xiitas huthis, Turki al-Maliki, declarou, nesta segunda-feira, que as investigações sobre os ataques contra a infraestrutura energética saudita prosseguem e que indicam que as armas ‘vieram do Irã’.