'Atentado terrorista islamita'

Um professor de história que exibiu caricaturas de Maomé durante uma aula sobre liberdade de expressão foi decapitado perto de Paris nesta sexta-feira, e seu agressor foi morto pela polícia, em um ataque que o presidente Emmanuel Macron qualificou de "atentado terrorista islamita".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos