Bélgica "se arrepende" de passado colonial no Congo

O rei Philippe expressou nesta terça-feira pela primeira vez na história da Bélgica seu "mais profundo pesar pelas feridas" infligidas durante o período colonial no Congo. O monarca escreveu uma carta dirigida ao presidente da atual República Democrática do Congo.