Banco Mundial e Chile se envolvem em polêmica

O economista-chefe do Banco Mundial, Paul Romer, revelou que o organismo teria alterado dados sobre a competitividade chilena. As motivações seriam ‘políticas’.