Charlotte decreta emergência após segunda noite de protestos

AFP

O governador da Carolina do Norte a declarar estado de emergência após o segundo dia de protesto contra a morte de dois afro-americanos que foram baleados pela polícia em Charlotte e Tulsa. Durante a manifestação, um homem negro foi gravemente ferido por um tiro.