'A ciência não mata Deus'

O prêmio Templeton, que recompensa a cada ano uma personalidade que explora "a dimensão espiritual da vida", foi concedido nesta terça-feira ao físico teórico brasileiro Marcelo Gleiser, que se esforça para demonstrar que ciência e religião não são inimigas.