Condenadas por terrorismo

Um tribunal francês condenou duas mulheres a 25 e 30 anos de prisão, acusadas de serem as principais integrantes de uma célula jihadista feminina. A dupla pretendia organizar ataques em frente à Catedral de Notre Dame e em uma região repleta de restaurantes na capital francesa.