Crime organizado está ainda mais organizado, diz antropóloga

AFP

A antropóloga Alba Zaluar, especialista em segurança pública conversou com a agência France-Presse nesta segunda-feira sobre as rebeliões que ocorreram em Roraima e Rondônia em apenas dois dias, deixando 18 mortos.

Segundo ela, a superlotação e a rivalidade entre facções do crime organizado estão por trás da violência nos presídios brasileiros.