Data estabelecida

O opositor Juan Guaidó, reconhecido por 50 nações como presidente interino da Venezuela, assegurou nesta terça-feira que em 23 de fevereiro entrará no país a ajuda humanitária enviada pelos Estados Unidos, apesar do bloqueio do presidente Nicolás Maduro.