Demissão eleitoral

Em meio à confusão eleitoral na Bolívia, o vice-presidente do Tribunal Supremo Eleitoral, Antonio Costas, anunciou a renúncia nesta terça-feira. A decisão foi motivada pela suspensão do fluxo de informação da apuração dos votos.