EUA oferecem US$ 15 mi por prisão de Maduro

Os Estados Unidos indiciaram nesta quinta-feira o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, por narcoterrorismo e ofereceram até US$ 15 milhões por informações que permitam sua detenção, em uma escalada nos esforços do governo de Donald Trump para tirar do poder a quem considera um ditador.