Governo de SP prevê 110 mil mortes

Um balanço apresentado nesta segunda-feira pelo governo de São Paulo prevê que, mesmo com as medidas restritivas adotadas, o estado deve registrar 111 mil mortes em decorrência do novo coronavírus nos próximos meses. A quarentena foi adiada por mais duas semanas pelo governador João Doria, que fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro.