Já são 400 detidos em Moscou

O número de manifestantes presos em Moscou, nesta quarta-feira, subiu para 400. Entre eles está o principal líder opositor do Kremlin, Alexei Navalny. As manifestações ocorrem em apoio ao jornalista investigativo Ivan Golunov, solto pela polícia russa.