Marine Le Pen deve reembolsar 300.000 euros à Eurocâmara

A justiça europeia rejeitou um recurso da líder da extrema direita francesa Marine Le Pen contra o reembolso de quase 300.000 euros ao Parlamento Europeu pelo emprego fantasma de uma assessora quando era eurodeputada.