Merkel volta ao trabalho; Boris Johnson segue isolado

A chanceler alemã, Angela Merkel, concluiu a quarentena de 14 dias após ter contato com um médico infectado com a Covid-19. Já o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, que testou positivo para o novo coronavírus, vai manter o isolamento.