'Não abro mão da minha autoridade'

O presidente Jair Bolsonaro ordenou nesta quarta-feira cancelar o acordo anunciado na véspera pelo Ministério da Saúde sobre a compra de milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac, em meio a uma disputa com um dos seus grandes adversários políticos, o governador de São Paulo, João Doria.