O ex-presidente García negou a corrupção antes de morrer

O ex-presidente peruano Alan García rejeitou as acusações de corrupção em uma carta escrita antes de cometer suicídio. O corpo foi velado e cremado nesta sexta-feira.