OEA apoia Equador

24 de agosto de 2012

SCRIPT:Os ministros das Relações Exteriores e representantes da Organização dos Estados Americanos aprovaram nesta sexta-feira uma resolução de solidariedade e apoio ao Equador. O país está em conflito diplomático com a Grã-Bretanha pelo asilo concedido a Julian Assange, fundador do WikiLeaks.A resolução pede que se rejeite qualquer tentativa que ponha em risco a inviolabilidade das missões diplomáticas.O chanceler do Equador, Ricardo Patiño, disse que o Reino Unido deve um pedido público de desculpas por ter ameaçado invadir a embaixada equatoriana em Londres, onde Assange se refugiou em junho.Sonora 1: Ricardo Patino, Ministro das Relações Exteriores do Equador“A solicitação é de uma retração do comunicado ou de um pedido público de desculpas. Esperamos isso”.Londres reiterou, através de seu observador permanente na OEA, que nunca ameaçou a embaixada equatoriana e pediu a Quito que sejam retomadas as negociações sobre o caso.O Equador conseguiu o cobiçado apoio da organização, que tem entre seus membros os Estados Unidos.Um país que, de acordo com Assange, estaria por trás do seu pedido de extradição para a Suécia.--- SHOTLIST:Imagens filmadas em Washington em 24 de agosto de 2012 (Fonte: AFPTV)