Onde a ficção vira realidade

29 de julho de 2012

O futuro já chegou. Pelo menos para os engenheiros da Universidade Sant'Anna, na cidade italiana de Pisa. Eles criaram um robô de 160 quilos, que pode ser comandado diretamente por um homem. É como um esqueleto externo que proporciona uma força 20 vezes maior do que a de uma pessoa.O projeto custou um milhão de euros. SONORA 1 – Marco Fontana, engenheiro:“A ideia é usá-lo em situações de emergência e desastres, como terremotos, para auxiliar as equipes de resgate. Há situações, como pessoas presas sob escombros, em que você precisa ter a força de uma máquina aliada à inteligência humana”.Criar objetos apenas vistos em filmes de ficção é comum na Universidade Sant'Anna, que se orgulha de estar na vanguarda da robótica e da tecnologia da informação.Uma equipe de comunicação desenvolveu o que é agora a mais rápida conexão de internet do mundo.SONORA 2 – Luca Poti, engenheiro de Comunicação:“Com esta máquina, podemos transmitir 300 ou até 600 filmes de alta definição em apenas um segundo”.Uma invenção que pode revolucionar a rede de computadores.O objetivo aqui é trabalhar em projetos que ajudem as pessoas. Este teatro virtual em 3D, por exemplo, o maior já criado na Itália, pode dar aos espectadores a sensação de montanha-russa... Mas também pode ser utilizado como terapia, para ajudar a curar fobias – ou até mesmo a recuperar monumentos e objetos da cultura italiana.SONORA 3 - Franco Tecchia, engenheiro:“Em Pisa, por exemplo, o cemitério Camposanto Monumentale teve a maior variedade de afrescos na Europa. Mais de 70 por cento foram destruídos durante a Segunda Guerra Mundial. Só aqui você pode ver a reconstrução total dos objetos em 3D."De tomates que retardam o envelhecimento à plantas que sobrevivem debaixo d’água, os projetos da Universidade Sant’Anna atraem estudantes do mundo todo. Gente que quer ajudar a construir o futuro da alta teconologia.--Pisa, Itália, 19/07/12FONTE: AFPTVImagens do exoesqueleto e do objeto em ação;Imagens do laboratório onde a internet mais rápida do mundo foi testada;Imagens do laboratório de internet, do teatro 3D, do aquário virtual e de uma simulação do passeio de montanha-russa;Takes do centro de pesquisa Sant’Anna, em Pisa;Takes da entrada com a logo da universidade;Imagens de um outro centro de pesquisa de Sant’Anna;Imagens das bandeiras italiana e Europeia.