Papa pede tolerância com homossexuais

19 de setembro de 2013

O papa Francisco justificou em uma entrevista divulgada nesta quinta-feira que foi acusado de ultraconservador por causa da maneira autoritária como tomava decisões. Ele afirmou que a Igreja não pode condenar os homossexuais, nem interferir espiritualmente na vida das pessoas.