Piora saúde de refugiado sírio em greve de fome no Uruguai

AFP

Amigos de Jihad Diyab, ex-detento da prisão de Guantánamo e que há dois meses faz uma greve de fome no Uruguai, afirmaram que seu estado de saúde piorou muito. O refugiado exige que seja transferido para um país muçulmano de idioma árabe onde possa sustentar sua família.