Proibida propaganda anti-confinamento

A Justiça do Rio de Janeiro proibiu, neste sábado, uma campanha anti-confinamento batizada com o slogan 'O Brasil não pode parar'. A propaganda foi divulgada pelo senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, em meio à pandemia do novo coronavírus que já deixou 97 mortos no país.