Protesto contínuo

Pequim criticou nesta quarta-feira as agressões, que chamou de terroristas, contra seus habitantes em Hong Kong. A megalópole registrou novos protestos e confrontos entre a Polícia e manifestantes.