Puigdemont garante que pode presidir Catalunha da Bélgica

O líder separatista Carles Puigdemont defendeu, nesta sexta-feira que pode governar a Catalunha estando na Bélgica e, assim, evitar ser detido caso volte para a Espanha. Ele é considerado foragido pela Justiça, acusado de sedição e rebelião, após a frustrada tentativa de independência.