Reação de emergência

AFP7 de agosto de 2012

Um vídeo divulgado pela Companhia Elétrica de Tóquio, a Tepco, mostra conversas tensas na usina de Fukushima depois do terremoto seguido de tsunami que devastou o Japão, em março do ano passado. A filmagem faz parte de 150 horas de gravação dos primeiros dias do desastre nuclear no país. Em um dos trechos, o diretor da central informa por teleconferência aos superiores que o prédio que abrigava o reator número 3 explodiu por causa do acúmulo de hidrogênio. Ele grita: "Temos um grande problema, um grande problema!". Em outra imagem, o então primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, se dirige apressado ao centro de operações da empresa. ATepco divulgou o vídeo mais de um ano depois da tragédia em meio à pressão de autoridades japonesas. Segundo especialistas, ele é necessário para que o público possa analisar como foi a gestão do acidente. Ainda assim, apenas um terço da gravação divulgada tem som. Os rostos dos funcionários foram apagados por questões de segurança. --FICHA TÉCNICA:14/03/2011 (11:01, hora local)FONTE: TEPCO - NO RESALE – APENAS USO EDITORIALSituação depois de explosão no reator 314/03/2011 (16:12, hora local)FONTE: TEPCO - NO RESALE – APENAS USO EDITORIALMedidas para despressurizar reator 2 falham14/03/2011 (19:28, hora local)FONTE: TEPCO - NO RESALE – APENAS USO EDITORIAL PURPOSESMedidas de emergência para retirada de pessoas14/03/2011 (19:54, hora local)FONTE: TEPCO - NO RESALE – APENAS USO EDITORIAL Medidas de emergência para retirada de pessoas14/03/2011 (20:15, hora local)FONTE: TEPCO - NO RESALE – APENAS USO EDITORIALConversas sobre evacuação 15/03/2011 (05:36, hora local)FONTE: TEPCO - NO RESALE – APENAS USO EDITORIALAviso da chegada de Naoto Kan