Revolta contra desempregos

Milhares de equatorianos tomaram as ruas de Quito, nesta segunda-feira, para protestar contra a redução de salários e desempregos - medidas adotadas pelo governo de Lenín Moreno, para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.