Suu Kyi nega tentativa de genocídio contra rohingyas

Aung San Suu Kyi negou nesta quarta-feira na Corte Internacional de Justiça qualquer "tentativa de genocídio" contra a minoria muçulmana rohingya em seu país. Mas a líder de fato de Mianmar admitiu que pode ter havido "uso desproporcional da força".