Tensão diplomática

Uma juíza canadense decidiu nesta quarta-feira pelo prosseguimento dos trâmites de extradição para os Estados Unidos de Meng Wanzhou, herdeira e alta executiva do grupo tecnológico chinês Huawei.