Unidos pela separação

Enquanto o presidente catalão, Joaquim Torra, pediu a libertação dos líderes separatistas pelo envolvimento na tentativa de secessão de 2017, o Ministro de Assuntos Exteriores afirmou que eles agem com ‘atitude totalitária’.