Vigília pelas vítimas da tragédia da Noite das Bruxas enche as ruas de Seul

As ruas de Seul voltaram a encher, desta vez para homenagear as 156 pessoas que morreram por esmagamento durante a celebração da Noite das Bruxas. Estima-se que tenham estado presentes cerca de 100 mil pessoas na vigília, que ficou marcada também pelas críticas às autoridades locais.

A polícia já admitiu que o planeamento de segurança foi insuficiente e os familiares das vítimas exigem a demissão dos responsáveis.