Villa italiana com pintura de Caravaggio no teto vai a leilão na Itália

·1 min de leitura

Já pensou em ser dono de um Caravaggio e de uma charmosa villa na Itália? Para ter os dois, basta desembolsar cerca de R$ 2 bilhões. Está marcado para o dia 19 de janeiro de 2022 o leilão da Villa Boncompagni Ludovisi, mais conhecida como Villa Aurora, propriedade nos arredores de Roma que conta com uma pintura de Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571-1610) no teto.

O lance inicial é de € 471 milhões. O leilão acontece depois de três anos de disputa judicial em torno da herança do proprietário, o príncipe Nicolò Boncompagni Ludovisi. Nenhum dos herdeiros de Ludovisi (nem os filhos de seu primeiro casamento, nem suas terceira mulher, a americana Rita Jenette) é capaz de pagar pela manutenção da propriedade.

A pintura no telo é intitulada "Júpiter, Netuno e Plutão", tem 2,75 metros de largura. Cada um dos deuses aparece acompanhado de um animal: Júpiter com uma águia, Netuno com um hipocampo e Plutão com seu Cérbero, o famoso cão de três cabeças. Acredita-se que os rostos dos deuses sejam baseados no do próprio Caravaggio. A obra foi pintada a óleo na década de 1590, quando Caravaggio viveu na villa a convite de um Cardeal Francesco Maria del Monte. A Villa Aurora possui 2,8 mil m² e foi construída por no século XVI, como um pavilhão de caça.

Leia também: 'O Caravaggio roubado' usa cinema para falar dos limites entre a realidade e a ficção

Além de no mínimo € 471 milhões para arrematar a propriedade, quem estiver interessado na Vila Aurora, ue é protegida pelo Ministério da Cultura da Itália, precisa reservar mais € 11 milhões para restaurá-la.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos