Vinho maturado no espaço deve alcançar US$ 1 milhão em venda privada

·2 minuto de leitura
Uma das 12 garrafas de Petrus enviadas ao espaço

Uma garrafa do vinho francês Petrus, safra 2000, que passou 14 meses no espaço foi colocada à venda pela casa de leilões Sotheby's, que estimou seu preço em US$ 1 milhão.

A garrafa faz parte de um lote de 12 enviado à Estação Espacial Internacional (ISS) em novembro de 2019. Caso o preço se aproxime ou atinja o estimado na venda privada, ela será a garrafa de vinho mais cara já vendida.

Testes realizados por 12 especialistas e cientistas do Instituto de Ciências da Vinha e do Vinho (ISVV) da Universidade de Bordeaux mostraram que o Petrus continua sendo "um grande vinho" após a temporada no espaço. Em uma degustação às cegas, os profissionais perceberam, não obstante, alterações de cor, aroma e sabor entre a versão espacial e a terrestre.

Essa foi a primeira vez que a ISS transportou uma garrafa de vinho para o espaço e a envelheceu em um ambiente controlado, como parte de seis experimentos da nova empresa europeia Space Cargo Limited, que pesquisa o futuro da agricultura e dos alimentos na Terra. A receita obtida com a venda será destinada a financiar missões espaciais com foco na agricultura.

O recorde de garrafa mais cara do mundo é ostentado por um Romanée-Conti de Borgonha, safra 1945, vendido por US$ 558 mil na Sotheby's de Nova York em 2018. O Petrus não será leiloado, e sim oferecido em venda privada, operação em que o preço e o comprador não são revelados se não houver autorização.

"Depois de 440 dias no espaço, o lendário vinho Petrus de Bordeaux retorna, após ter se transformado, literalmente, em algo de outro mundo", declarou o cofundador e presidente da Space Cargo Unlimited, Nicolas Gaume.

A vinícola Château Petrus, que produz a bebida, da casta Merlot, fica na região de Bordeaux. A denominação de origem é Pomerol. Uma garrafa clássica de Petrus 2000, considerada uma grande safra, é vendida atualmente por cerca de US$ 5,5 mil, segundo o site especializado Wine.com.

lbc/gm/lb