Violência contra as mulheres no México: uma emergência nacional

·1 min de leitura

Entre janeiro e setembro de 2021, 2.840 mulheres foram assassinadas no país, segundo estatísticas oficiais. Dentre esses crimes, apenas 736 foram considerados feminicídio pela justiça. Coletivos feministas e organizações de direitos humanos apontam falhas nos sistemas de investigação e lançam um Alerta de Violência de Gênero como parte das ações do Dia Internacional de Eliminação da Violência Contra a Mulher, neste 25 de novembro.

Larissa Werneck, correspondente da RFI no México

A Lei Geral de Acesso das Mulheres a uma Vida Livre de Violência, em vigor no México desde 2007, dispõe de medidas que pretendem garantir “prevenção, cuidado, punição e erradicação de todos os tipos de violência contra mulheres durante o seu ciclo de vida, para promover o seu desenvolvimento integral e a plena participação em todas as esferas da vida”. No entanto, as estatísticas mostram que o país não vem conseguindo promover políticas públicas que garantam a autonomia das mulheres e a eliminação da violência de gênero.

Segundo o Sistema Nacional de Segurança Pública, duas mil 840 mulheres foram assassinadas no país entre os meses de janeiro e setembro de 2021. Dessas, apenas 736 tiveram suas mortes catalogadas como feminicídio – o assassinato cometido por questões de gênero –, e 2.104 foram vítimas de homicídio doloso, segundo as investigações.

O relatório aponta ainda que, entre os anos de 2015 e 2020, foram registrados 4.536 feminicídios no México e 14.888 homicídios dolosos de mulheres, o que significa que, em cinco anos, mais de 19.424 mexicanas foram vítimas de morte violenta. O estudo revela que, no ano passado, cinco mil mulheres desapareceram no país – 80% delas eram meninas com idade entre 12 e 17 anos.


Leia mais

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos