Violência doméstica: shopping da Barra recebe ponto de atendimento gratuito a vítimas

A partir de segunda-feira, dia 28, mulheres que tenham sido vítimas de algum tipo de violência doméstica poderão buscar orientação gratuitamente no Espaço Mulher, que será inaugurado no NewYorkCityCenter, uma iniciativa da Coordenadoria Estadual da Mulher (Codem) e do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, por meio do VII Juizado de Violência Doméstica, em parceria com a OAB e com a Multiplan, administradora do shopping. Este será o único ponto de atendimento do projeto na Zona Oeste.

Prevenção de enchentes: Limpeza vai retirar 91 mil toneladas de lixo do Rio Morto e do Canal de Sernambetiba

Consciência Negra: Eventos em quilombos e centros culturais continuam

Num ambiente acolhedor, instalado no estacionamento subsolo do NewYorkCityCenter, as vítimas serão atendidas às segundas e terças, das 10h às 15h, por advogadas voluntárias, que explicarão as providências possíveis e as encaminharão aos órgãos necessários. Após orientação da equipe, as medidas protetivas poderão ser solicitadas pela própria vítima, on-line, no site do Tribunal de Justiça, e encaminhadas para o juizado da Barra da Tijuca ou, dependendo da origem do caso, para qualquer outro juizado da cidade.

O projeto conta ainda com atendimento de psicólogas, para suporte presencial ou on-line.

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) revelam que os casos de feminicídio aumentaram 73% nos últimos cinco anos no estado do Rio de Janeiro. Somente de janeiro a maio de 2022, foram 52 mulheres mortas.