Violência e interrupção são as maiores ameaças às eleições dos EUA, diz autoridade de Michigan

Por Ted Hesson

WASHINGTON (Reuters) - Autoridades eleitorais dos EUA veem a violência e as interrupções em potencial como as maiores ameaças às eleições de meio de mandato em novembro, com a desinformação alimentando essas preocupações, disse a secretária de Estado de Michigan, Jocelyn Benson, neste domingo.

Benson, uma democrata, disse que autoridades eleitorais de ambos os partidos estão trabalhando com autoridades policiais para proteger as eleições de 8 de novembro e deixar claro que haverá consequências para aqueles que tentarem interferir.

"Estamos, de muitas maneiras, ainda mais preparados este ano do que nunca", disse ela no programa "Face the Nation", da CBS.

Michigan, um Estado indeciso, tornou-se o foco de vários casos criminais de alto perfil relacionados a eleições nos últimos anos.

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS NF