Virada terá shows em Interlagos, sambódromo e no Parque do Carmo

GABRIELA SÁ PESSOA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Marcada para os dias 20 e 21 de maio, a edição de 2017 da Virada Cultural ainda não fechou suas atrações nem seu orçamento.

A Secretaria Municipal de Cultura conta com ao menos mais três semanas de discussões sobre a programação e a estrutura da festa.

O que já se sabe, por ora, é que os shows grandes se dividirão em três locais da cidade: o autódromo de Interlagos, o Parque do Carmo e o sambódromo do Anhembi.

O centro, a princípio, receberá atividades de menor proporção -a ideia é que o bairro seja uma região de passeio durante a Virada.

LONGE DO CENTRO

Em dezembro do ano passado, o prefeito João Doria (PSDB) declarou que a Virada Cultural seria toda transferida para o Autódromo de Interlagos.

Após polêmica em que produtores, população e políticos se manifestaram contrários à decisão, afirmando que transferir o evento para Interlagos descaracterizaria a festa, o secretário de Cultura, André Sturm, disse que o centro teria atrações, assim como outras regiões, e que o autódromo seria só um dos locais.

"A Virada será no centro da cidade, terá 24 horas, terá uma programação diversificada, terá nomes conhecidos, nomes desconhecidos, nomes cults, nomes pops", disse Sturm na época. "O evento permanece no centro e será mais descentralizado do que ele já foi."