Visita surpresa de Sunak a Kiev

Numa visita surpresa, o novo primeiro-ministro britânico foi à Ucrânia dizer o Reino Unido vai continuar a ser um dos principais aliados de Kiev no conflito com a Rússia.

Rishi Sunak prometeu 125 armas antiaéreas e outra tecnologia de defesa durante as conversações com Volodymyr Zelenskyy. O pacote de ajuda de defesa aérea foi avaliado por Londres em mais de 57 milhões de euros.

"Desde os primeiros dias da guerra, a Ucrânia e o Reino Unido têm sido os aliados mais poderosos", escreveu Zelenskyy nas redes sociais, divulgando um vídeo do seu encontro com Sunak em Kiev.

"Estou aqui hoje para dizer que o Reino Unido continuará a apoiá-lo", disse Sunak a Zelenskyy num vídeo divulgado pela presidência ucraniana. "Estaremos ao vosso lado até que a Ucrânia tenha conquistado a paz e a segurança de que necessita e merece".

Em Londres, Downing Street salientou que o Rishi Sunak tinha viajado para Kiev para "confirmar o apoio do Reino Unido" à Ucrânia. "O primeiro-ministro encontra-se hoje na Ucrânia para confirmar o apoio continuado do Reino Unido", disse Downing Street.