Vítimas da maior pirâmide da história receberão R$ 2 bilhões em pagamentos

Madoff organizou um esquema de pirâmide financeira que se apropriou de US$ 17,5 bilhões. As autoridades conseguiram recuperar mais de US$ 13 bilhões (REUTERS/Shannon Stapleton)
Madoff organizou um esquema de pirâmide financeira que se apropriou de US$ 17,5 bilhões. As autoridades conseguiram recuperar mais de US$ 13 bilhões (REUTERS/Shannon Stapleton)
  • Fundo organizado para suporte às vítimas de Bernard Madoff receberá mais US$ 372 milhões;

  • Dinheiro foi levantado por meio de acordos do governo com o banco de Madoff, JPMorgan Chase;

  • Procuradoria dos EUA em Manhattan informou que a quantia será destinada a cerca de 40 mil vítimas em todo o mundo.

Vítimas do maior esquema de pirâmide da história receberão, em breve, mais US$ 372 milhões em pagamentos (cerca de R$ 1,9 bilhões). O dinheiro irá para um fundo organizado pelo governo desde o colapso da empresa do megainvestidor Bernard Madoff, que morreu no ano passado em uma penitenciária federal dos Estados Unidos.

De acordo com informações do jornal O Globo, o dinheiro foi levantado por meio de acordos do governo com o banco de Madoff, JPMorgan Chase, bem como com alguns de seus clientes mais antigos, como o investidor Jeffry Picower, que morreu em 2009.

A Procuradoria dos EUA em Manhattan informou em comunicado que este é o oitavo pagamento do Fundo de Vítimas de Madoff e a quantia será destinada a cerca de 40 mil vítimas em todo o mundo.

Entenda o caso

Madoff organizou um esquema de pirâmide financeira que se apropriou de US$ 17,5 bilhões. As autoridades conseguiram recuperar mais de US$ 13 bilhões.

Quando Madoff foi preso, os clientes tinham declarações dele que se mostraram falsas, além de garantias na ordem de US$ 60 bilhões em contas também falsas. Foram mais de 30 mil vítimas ao redor do mundo. O investidor foi condenado em 2009 a 150 anos de prisão.

Por pelo menos 16 anos, Bernie Madoff “cuidou” do dinheiro de famosos do show business, do mercado financeiro e de instituições com promessas de rendimento mensal de 1%. O resultado? Prejuízos acumulados de US$ 65 bilhões, prisão de Bernie Madoff em 2008, pena de 150 anos e suicídio do seu filho, Mark, em 2010. Em 2017, sua história foi contada no filme 'O Mago das ‘Mentiras’, no qual foi interpretado por Robert De Niro.