Vitor Pereira se irrita com pergunta sobre esposa após derrota

Vitor Pereira não tem permanência assegurada para 2023 e definição só vai acontecer ao fim da temporada. Foto: Ricardo Moreira/Getty Images
Vitor Pereira não tem permanência assegurada para 2023 e definição só vai acontecer ao fim da temporada. Foto: Ricardo Moreira/Getty Images

Chateado com a derrota do Corinthians, em casa, por 2 a 0 diante do Fluminense, o treinador português Vitor Pereira ficou ainda mais irritado com uma pergunta feita na entrevista coletiva pós jogo.

Tentando saber do comandante corintiano sobre uma possível continuidade no trabalho na temporada 2023, o repórter Marco Bello, da Rádio Transamérica, disse que tinha informações que o treinador queria ficar, mas a esposa não era a favor da sequência em terras brasileiras.

Leia também:

“A informação que temos é que sua esposa quer que você vá embora, mas você quer ficar. Quem manda na sua casa?”, questionou Marco Bello. Vítor Pereira, entretanto, se irritou com a pergunta e rebateu. “Como sou mais educado do que o senhor, não vou responder. É mal-educado. É um assunto que não tem a ver com o futebol”, disse.

Percebendo a gafe, Marco Bello usou sua conta no Twitter onde disse ter refletido sobre a polêmica e aproveitou para se desculpar com o treinador alvinegro. Para o jornalista a intenção era fazer uma pergunta descontraída.

“Amigos, fiz uma reflexão assim que cheguei em casa e quero dividir com vocês: fui muito mal na minha pergunta ao técnico Vitor Pereira do Corinthians. Era pra ter sido uma pergunta descontraída, mas não saiu assim e acabou soando ofensiva. Quero aqui pedir desculpas ao Vitor e, quando puder encontrá-lo, o farei novamente. Espero que entendam… ou pelo menos compreendam meu arrependimento”, escreveu Marco Bello.

Ainda sobre uma possível permanência de Vitor Pereira, o presidente do Corinthians Duílio Monteiro Alves fez um pronunciamento após a derrota para o Fluminense e afirmou que só haverá uma definição após o fim da temporada.

“Estamos nos preocupando com o futuro, mas temos de pensar no presente. Quando terminar o objetivo, vamos pensar no ano que vem. Dizem que tem clubes atrás do Vítor, o que tem é a questão familiar dele para resolver. Vamos seguir nosso tempo, peço que o torcedor entenda. De dentro do Corinthians, esse assunto só vai existir após o campeonato. Falei que era após a Copa do Brasil, mas perdemos o título. Quando classificar, vamos resolver. Ele precisa decidir se volta ou não volta e vai decidir após cumprir o objetivo desse ano”, disse Duílio.

Após a derrota no jogo da 34ª rodada do Brasileirão, o Corinthians parou nos 57 pontos e foi para quinta colocação, ultrapassado pelo próprio Fluminense que chegou aos 58 pontos e assumiu o quarto posto.