Viúva da Mega-Sena pode perder quantia milionária

Foto: Divulgação

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Adriana Ferreira Almeida está presa pelo assassinato do marido René Senna em 2007

  • Advogados que ela mandou embora neste ano entraram com processo milionário contra ela

Adriana Ferreira Almeida, que ficou popularmente conhecida como a Viúva da Mega-Sena, pode perder em breve um bom dinheiro. Isso porque dois advogados que já a representaram cobram R$ 4,4 milhões em honorários da ex-cabeleireira.

Condenada a 20 anos de prisão pela morte do marido, o ex-labrador e milionário René Senna, ela não tem direito à herança dele, pois a Justiça anulou o testamento do milionário que a beneficiava depois do desdobramento do caso.

Leia também

O processo dos advogados tramita atualmente na 1ª Vara Cível de Bangu e afirma que a quantia deveria ter sido paga em 2008, quando Adriana foi solta graças a um habeas corpus que a dupla elaborou e foi aceito no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Adriana decidiu largar a dupla neste ano e, tão logo fez isso, os advogados entraram com o processo. Os autos chegam à Justiça em momento complicado para a Viúva da Mega-Sena: ela foi recentemente condenada definitivamente pelo assassinato do marido.

Herança segue em disputa

Os R$ 120 milhões de Renné seguem em disputa. Renata Almeida Sena, de 32 anos, filha do ex-lavrador, tenta reverter a anulação do primeiro testamento, que beneficiava Adriana.

Isso porque caso a anulação seja confirmada, a herança será dividida de acordo com outro testamento, que prevê o dinheiro indo para ela e seus nove tios, irmãos de René.