Viúva Negra, o filme que a Marvel deixou no limbo, é divertido, mas datado

·1 minuto de leitura

Viúva Negra finalmente chegou, mas deveria ter sido lançado há 10 anos. Viúva Negra apresenta novos personagens, mas Natasha merecia mais. Viúva Negra é divertido, mas podia ser melhor. Viúva Negra é o puro suco agridoce: uma aventura que exala potencial, mas que foi sublimada por um estúdio que demorou demais para dar atenção à primeira heroína dos Vingadores - e tudo isso transparece na tela.

A história dirigida por Cate Shortland dá uma pincelada no passado pouco conhecido de Natasha Romanoff, ao mesmo tempo que mostra como a Sala Vermelha transformou mulheres em espiãs mortais. A companhia dela nesta jornada é a própria família, formada por Yelena (Florence Pugh), Alexei (David Harbour) e Milena (Rachel Weisz), trio que carrega o carisma do filme, mas também tem pouco espaço para expandir a dinâmica de uma família totalmente disfuncional.

Leia também

Por competência dos atores, principalmente Pugh e Harbour, o filme não se perde na mesmice de qualquer filme de herói, mas também não consegue mergulhar no gênero de espionagem inerente a todos os personagens aqui envolvidos. As reviravoltas são mais básicas que o normal, o suspense raramente se faz presente e a inteligência dos espiões quase nunca é explorada. Por outro lado, é um dos filmes da Marvel com melhor noção de ação e dinâmica entre protagonistas - Pugh já é obrigatória no futuro dos Vingadores.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Viúva Negra sofre mais com seu timing de lançamento do que defeitos de execução, boa parte deles comuns em filmes de herói, diga-se de passagem. O fato, porém, é que parece estarmos testemunhando um filme da Fase 2, dos anos 2010 do Marvel Studios, quando a ousadia era raridade, mas o carisma dos personagens e a ação mirabolante salvavam o dia.

*Thiago Romariz é jornalista, professor, criador de conteúdo e atualmente head de conteúdo e PR do EBANX. Omelete, The Enemy, CCXP, RP1 Comunicação, Capitare, RedeTV, ESPN Brasil e Correio Braziliense são algumas das empresas no currículo. Em 2019, foi eleito pelo LinkedIn como um dos profissionais de destaque no Brasil no prêmio Top Voice.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos