"Vive bem e se diverte", postou o jovem durante balada, antes de morrer atropelado

Após desentendimento, jovem Fernando Zambori morreu atropelado na Zona Sul de São Paulo — Foto: Reprodução
Após desentendimento, jovem Fernando Zambori morreu atropelado na Zona Sul de São Paulo — Foto: Reprodução

Antes de morrer, o jovem de 20 anos que foi atropelado na saída de um estacionamento da casa noturna Vitrinni Lounge Beer, na madrugada deste sábado (13), em São Paulo, postou um vídeo em suas redes sociais em que celebrava a vida.

"Vive bem e se diverte", escreveu Fernando Palominio Zambori na legenda da imagem em que ele aparece de costas para um palco de uma casa noturna.

De acordo com o relato de um amigo da vítima, um motorista de uma Land Rover Velar, que estava sem placas e atrás do carro deles, tentou sair do estacionamento, que fica em frente a casa noturna na rua Quatá, no bairro Itaim Bibi, Zona Sul da capital. O homem estava irritado e passou a ofendê-los, dizendo "tira essa merda daí".

O amigo afirmou à polícia que ele retirou seu automóvel e o estacionou do outro lado da rua. Nesse momento, Fernando atravessou a rua para conversar com o motorista da Land Rover, que acelerou o carro e o atropelou.

Equipes de resgate foram acionadas, mas o rapaz morreu antes de ser socorrido.

Uma câmera de segurança do local registrou as cenas. Com as imagens, a polícia conseguiu identificar o suspeito como sendo Gustavo dos Santos Soares. Ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça e passou a ser considerado foragido. De acordo com a polícia, ele já respondeu por furto e também foi detido pelo Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico).

Fernando era assistente administrativo e morava com os pais e a irmã em Pirituba, na Zona Norte da capital paulista. Em entrevista para a TV Globo, a irmã do rapaz disse que ele era tranquilo e carinhoso.