Viver com R$ 1500: internet ironiza influencer que sugere que valor é suficiente

·3 min de leitura
Brazilian Real, BRL. Woman, money, money, hand. Woman holding bank notes of Brazilian currency.
Internautas discutiram se é possível viver bem com R$ 1.500 (Getty Image)
  • Vídeo de influencer sobre divisão de contas gerou debates sobre o quanto é necessário para viver bem

  • Internautas discordaram que é possível investir e guardar dinheiro ganhando pouco

  • Apenas moradia, alimentação e transporte custaria o dobro do valor apontado por influencer

O que é possível fazer recebendo R$ 1.500 por mês em um emprego? Uma influenciadora gerou polêmica no TikTok ao criar um vídeo explicando como faria a divisão do dinheiro para pagar moradia, transporte, alimentação e entretenimento.

"Como eu dividiria um salário de R$ 1.500? Bom, R$ 900 eu usaria para as contas fixas, como casa, carro e alimentação. R$ 300 eu usaria para o meu crescimento profissional e pessoal. R$ 150 colocaria na minha reserva de emergência e R$ 150 eu usaria de lazer", falou Carol, criadora do Equilíbrio Financeiro.

Logo os internautas começaram a questionar sobre o cálculo realizado pela Tiktoker. Alguns diziam que pagavam esse valor apenas no aluguel e outros alegavam que o valor era suficiente apenas para algumas despesas, sendo inviável sobrar dinheiro para investimentos.

É possível gastar apenas R$ 900 com casa, carro e alimentação?

De acordo com o Índice FipeZap, que acompanha o preço médio de imóveis em 25 cidades brasileiras, um imóvel considerado "padrão" no Brasil, com 65 m² e até dois dormitórios, custa, em média, R$ 2.048,15 por mês.

Quando o assunto é alimentação, o valor da cesta básica oscila entre R$ 561,57 em Recife até R$ 750,71 no estado do Rio de Janeiro.

Considerando que a pessoa já tenha um carro quitado, caso circule a quilometragem média anual no Brasil (20 mil quilômetros), precisaria de aproximadamente 1.439 litros de combustível no ano. Se encontrar uma boa promoção em postos de gasolina, com o combustível na média de R$ 5,60, gastaria R$ 8.058,40 no ano, ou seja, R$ 671,54 por mês.

Apenas na soma dos três primeiros itens, seria necessário mais que o dobro de R$ 1.500 para morar em uma casa confortável, garantir a compra básica do mês e conseguir andar de carro diariamente. Isso sem contar os gastos com investimento profissional, lazer e investimento.

Um levantamento recente do Dieese afirma que o valor atual do salário mínimo deveria ser de R$ 6.394,76 para garantir moradia, transporte, comida, higiene e saúde.

Confira o que as pessoas comentaram sobre o assunto na internet

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos