Vizinho da Rússia, Cazaquistão interrompe exportação de armas em meio à guerra na Ucrânia

NUR-SULTAN (Reuters) - O Cazaquistão, vizinho e aliado da Rússia, suspendeu todas as exportações de armas por um ano, afirmou o seu governo neste sábado, em meio ao conflito na Ucrânia e sanções ocidentais contra Moscou.

A ex-república soviética - que também nutre laços econômicos ativos com Kiev - tem evitado tomar um lado na crise ucraniana e pede uma resolução pacífica.

O governo do Cazaquistão não explicou, no comunicado, o motivo da decisão de suspender as exportações de armas.

O Cazaquistão produz vários tipos de equipamentos militares, como barcos, veículos blindados e de artilharia, metralhadoras, visores noturnos, granadas, torpedos e equipamentos de proteção.

(Por Tamara Vaal; redação de Olzhas Auyezov)