Vizinhos de Deolane Bezerra jogam ovos nos fãs da doutora: “Me assusta”

·2 min de leitura
Fãs na porta da casa de Deolane Bezerra, em São Paulo (foto: reprodução / instagram @dra.deolanebezerra)
Fãs na porta da casa de Deolane Bezerra, em São Paulo (foto: reprodução / instagram @dra.deolanebezerra)

Resumo da Notícia:

  • Deolane Bezerra explodiu na internet após a morte de seu noivo, Kevin 

  • A influenciadora é advogada criminalista de profissão e vai lançar o Baile da Doutora 

  • Ela compôs uma música em homenagem ao ex e vai sair em turnê pelo Brasil 

Deolane Bezerra está passando por um momento delicado na vida pessoal. Ela vem percebendo que cada vez mais pessoas a procuram na porta de sua casa, em São Paulo, e isso tem gerado problemas para os vizinhos que parecem estar sem paciência. Recentemente ela lançou o "Baile da Doutora", que acontecerá em São Paulo.

Com mais de 12 milhões de seguidores nas redes sociais, ela dividiu o dilema durante um papo com os rapazes do “Fala Memo Podcast”. “O que me assusta são as pessoas na porta da minha casa. Me assusta muito. Está causando um transtorno com os vizinhos. As pessoas do prédio já jogaram ovos, gelo nas pessoas na frente... Fico triste porque são fãs meus que estão ali”, conta.

Leia também

De mudança pronta para este fim de semana para uma casa em um condomínio de luxo, ela reflete: “Fico também sem saber o que fazer. Nestes prédios tem criança, tem idosos e os fãs ficam gritando, ficam com caixa de som. Toda hora peço para alguém descer e pedir para eles aguardarem. Desço todos os dias para tirar fotos.”

Nesta quinta-feira (11), um fã contratou um carro de som com direito a fogos de artifício para prestar uma homenagem e chamar a atenção da advogada. Ela o atendeu e até prometeu comprar uma cadeira de rodas elétrica para ele, que tem má formação nas pernas.

“Decidi procurar uma casa para mudar, para ajudar as duas partes. Mas eles são quem me sustentam. Várias vezes pensei em abandonar isso de internet e voltar só para advocacia, mas sumo um pouco e as pessoas já perguntam o que houve. Não consigo mais ficar longe da internet”, releva.

Carreira

Advogada criminalista há mais de 10 anos, ela explodiu após a morte de seu ex-noivo, o funkeiro Kevin. “Tinha 1 milhão quando estávamos juntos. Assim que ele faleceu fiquei com 5 milhões e desde então foram chegando mais gente. São mais 12,5 milhões. Uns gostam e outros seguem para criticar”, minimiza.

Mas nem por conta do trabalho como influenciadora e agora DJ, ela vai largar a advocacia. “Hoje me dou o direito de selecionar clientes, de escolher quem compensa ou não. Tendo em vista que em uma publicidade faço x de dinheiro e é menos cansativo do que fazer 10 processos”, alerta.

Deolane completa o pensamento: “Hoje, trocar a advocacia pela vida de influencer compensa financeiramente. Mas tenho que fazer alguma coisa para me manter conectada a advogar, amo muito.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos